Giovana Lopes
Advogada
Doutoranda no programa "Law, Science and Technology" da Universidade de Bologna (Unibo - Itália) e na Universidade Católica de Leuven (KU Leuven - Bélgica), em regime de cotutela. Mestre em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Possui como foco de pesquisa problemas relacionados a Direito e Tecnologia, em especial inteligência artificial, aprimoramentos cognitivos, privacidade e proteção de dados.
Giovana Lopes

ÁREA DE ATUAÇÃO

FORMAÇÃO

  • Mestre em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

ASSOCIAÇÕES / PARTICIPAÇÕES ACADÊMICAS

  • Membro do grupo de Direito, Tecnologia e Inovação (DTI UFMG)
  • SAPIENS - Núcleo de Estudos e Pesquisa Interdisciplinar em Neuroética e Comportamento Humano

PUBLICAÇÕES

  • Inteligência Artificial: Considerações sobre personalidade, agência e responsabilidade civil
  • O Direito à Explicação de Decisões Automatizadas no Âmbito do Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia
  • A Personificação de Agentes Autônomos de Inteligência Artificial
Advogada
Doutoranda no programa "Law, Science and Technology" da Universidade de Bologna (Unibo - Itália) e na Universidade Católica de Leuven (KU Leuven - Bélgica), em regime de cotutela. Mestre em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG). Possui como foco de pesquisa problemas relacionados a Direito e Tecnologia, em especial inteligência artificial, aprimoramentos cognitivos, privacidade e proteção de dados.

ÁREA DE ATUAÇÃO

Blockchain e Criptomoedas
Direito Digital Eleitoral

FORMAÇÃO

  • Mestre em Direito pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG)
  • Bacharel em Direito pela Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF)

ASSOCIAÇÕES / PARTICIPAÇÕES ACADÊMICAS

  • Membro do grupo de Direito, Tecnologia e Inovação (DTI UFMG)
  • SAPIENS - Núcleo de Estudos e Pesquisa Interdisciplinar em Neuroética e Comportamento Humano

PUBLICAÇÕES

  • Inteligência Artificial: Considerações sobre personalidade, agência e responsabilidade civil
  • O Direito à Explicação de Decisões Automatizadas no Âmbito do Regulamento Geral de Proteção de Dados da União Europeia
  • A Personificação de Agentes Autônomos de Inteligência Artificial
Giovana Lopes