Saiba como se proteger de golpes praticados por meio do WhatsApp

IMG_6346

PROTEÇÃO DE DADOS | Mais de 5 milhões de brasileiros foram vítimas no ano passado de algum golpe aplicado por meio do WhatsApp, o que corresponde a cerca de dez golpes por minuto.

Entre as ações praticadas está a duplicação de contas, com a utilização da foto do usuário em um número de telefone diferente. Nesse caso, os golpistas procuram o contato de pessoas próximas à vítima, inventam histórias e pedem dinheiro, geralmente sob a forma de transferência via PIX.

Elaboramos um vídeo com ações preventivas a esses golpes, como autenticação em dois fatores, restrição da foto apenas para contatos salvos na agenda e criação de senha para acesso ao aplicativo.

Caso seja vítima de um golpe praticado por meio do WhatsApp, denuncie o perfil fraudulento e registre um boletim de ocorrência na delegacia. Se recebeu um contato suspeito com foto e nome de um amigo/familiar a partir de número desconhecido, entre em contato com a pessoa para saber se foi realmente ela quem enviou a mensagem. Assegure-se de ligar para o celular dessa pessoa salvo na sua agenda, e não para o número desconhecido.

Veja abaixo o vídeo:

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp