Monitoramento das redes sociais combate fake news em período eleitoral

Podcast-Dani_post (1)

MONITORAMENTO DE CONTEÚDO | Nossa sócia Danielle Serafino participou do podcast Cabo Eleitoral, uma parceria da Folha de S.Paulo com o Instituto InternetLab, no quinto episódio “Um falso pacto com o Diabo”, que tratou sobre os riscos e o combate às fake news em época de campanha política.

O episódio destacou como a Justiça eleitoral brasileira tem tratado questões desse tipo e como a simples remoção do conteúdo falso dos sites de buscas não é suficiente para combater a desinformação. A Inteligência Artificial tem sido grande aliada nesse processo.

“No Opice Blum, Bruno e Vainzof Advogados, nós temos uma ferramenta, um software [na área de Legal Innovation] que faz varreduras na internet, com o objetivo de realizar atividade de monitoramento. Isso porque precisamos entender bem o caso e saber exatamente com o que estamos lidando”, explicou a advogada.

Ainda de acordo com Danielle, o software é programado a partir de informações inseridas que identificam o candidato e o partido. As palavras-chaves são responsáveis por permitir a varredura dos dados, que serão posteriormente analisados pelos advogados. “Nós olhamos todo o volume de busca e retiramos os falsos positivos, aquelas informações que não têm relação com o caso. Fazemos esse filtro até que a ferramenta consiga seguir o caminho correto, gerando assim os resultados esperados”.

A advogada também explicou que, em caso de identificação de informações falsas sobre determinado candidato ou partido, é feito um pedido de remoção diretamente às plataformas, que pode ser acatado ou não. “Caso não seja acatado e não haja remoção da fake news, ainda existe a via judicial, quando é solicitada a remoção do conteúdo identificado pelo sistema de IA”, concluiu.

No programa, a advogada esteve ao lado de Marco Aurélio de Carvalho, fundador do grupo Prerrogativas; Caetano Lo Pumo, especialista em direito eleitoral; Mariana Valente, professora na Universidade de St. Gallen e diretora-associada do InternetLab; e Cristina Tardáguila, fundadora da Agência Lupa.

Ouça aqui o podcast na íntegra.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp