Proteção de dados e mercado financeiro: pontos de convergência com o open banking

0 (13)

Por Camilla Jimene e Alexandre Romão, Cantarino Brasileiro | 14.08.2020

Nesse artigo publicado na 15ª edição do Anuário Brasileiro de Bancos, a sócia Camilla Jimene e o advogado Alexandre Romão, ambos do Opice Blum, Bruno, Abrusio e Vainzof Advogados Associados tratam do open banking como uma solução desenhada para o consumidor. Muito embora a Lei Geral de Proteção de Dados não esteja, ainda, vigente,  a Resolução nº 1/2020 já veio pautada em algumas regras e princípios presentes na mencionada lei.

Leia na integra.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp