10 perguntas que devem ser respondidas pela Política de Privacidade

10 perguntasCarrossel 1

POLÍTICA DE PRIVACIDADE | Lançamos hoje uma série de posts sobre o que deve constar em uma Política de Privacidade, com o objetivo de auxiliar as empresas na conformidade com a LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). O material foi elaborado com base no artigo “10 perguntas que devem ser respondidas pela Política de Privacidade”, de autoria das nossas advogadas Andrea Filomeno, Tatiana Bauer e Beatriz Vicente, publicado na revista Consultor Jurídico (ConJur).

A empresa deve explicar quais dados, coletados do titular, são utilizados e de que forma acontece a atividade de tratamento. “É importante demonstrar a forma como é feita a coleta, seja a partir do fornecimento pelo próprio usuário, como aqueles inseridos ao efetuar cadastro, seja por coleta automática, como IP, data e hora da conexão, histórico de navegação, etc”, explicam as advogadas. Importante, ainda, que a empresa descreva de que forma os dados coletados são utilizados, “apresentando as finalidades para o tratamento, ou seja, os objetivos do modelo de negócio que justificam a coleta e a utilização dos dados”.

A cada semana, nosso escritório vai disponibilizar dicas para construir uma Política de Privacidade eficaz e em conformidade com a LGPD. Fique atento! Nesta semana de estreia, confira, nas imagens, as duas primeiras dicas.

Clique aqui e leia o artigo completo.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp