A cada três minutos e meio, um celular foi furtado ou roubado na cidade de São Paulo em 2021

VEJA_Post

SEGURANÇA DIGITAL | A cada três minutos e meio, um celular foi furtado ou roubado na cidade de São Paulo em 2021. Foram quase 157 mil vítimas no período. Os dados são do Departamento de Pesquisas em Economia do Crime, da Fecap (Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado), e, diante de tantos crimes desse tipo, a segurança dos dados de proprietários de smartphones está em risco.

Em entrevista à Veja São Paulo, nosso chairman e sócio-fundador, Renato Opice Blum, afirmou que, para evitar maiores prejuízos, é importante a utilização da dupla autenticação nos acessos digitais. “Dá mais trabalho, mas é uma proteção”, recomendou. O advogado completou dizendo que a autenticação em dois fatores deve ser adotada tanto nos apps quanto no próprio smartphone.

O estudo da Fecap mostrou que os crimes se concentram entre 18h e meia-noite, quando acontecem 43% dos roubos e 81% dos furtos de celular na capital paulista. Já na madrugada, a situação se inverte, com 16% dos roubos e 2% dos furtos na cidade.

Leia aqui a reportagem na íntegra.

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp