Brasil conta com poucas armas legais para combater ataques de hackers

edit-opice-blum-renato-opice-2
Publicado originalmente no Valor Econômico
 
O ataque sofrido pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ) na última semana abre uma discussão sobre o preparo do Brasil e do Judiciário para proteger dados contra a ação de hackers. O país tem poucas armas legais para combater esses ataques.

Em entrevista ao Valor Econômico, nosso chairman e sócio-fundador, Renato Opice Blum, disse que se pego, um hacker no Brasil estaria sujeito a uma pena baixa. Na visão dele, as penas são tímidas, desproporcionais e aquém da gravidade. “Ninguém vai para a cadeia. É preciso atualizar essas normas”, avalia.

Leia na integra.
Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on whatsapp
WhatsApp